Sineduc avança nas negociações e conquista 100% a mais no valor do Cartão Servidor. Negociações continuam.

Sineduc avança nas negociações e conquista 100% a mais no valor do Cartão Servidor. Negociações continuam.

Foi acertado no final da tarde desta sexta-feira (19) entre o Sineduc e a Prefeitura um reajuste de 100% no valor do cartão servidor. Com o acordo, o Cartão Servidor passa dos atuais R$ 103,49 para R$ 206,98 a partir da próxima recarga prevista para o mês de junho. Segundo a presidente do Sineduc, Perla de Freitas, o reajuste beneficia principalmente os servidores inseridos nas menores faixas salariais. Leia Mais

 

Esclarecimentos sobre o Piso Nacional Docente. Prefeitura subestima trabalhadores.

setembro 11, 2017 Sindical  No comments

Colegas

Sobre o suposto  “aumento” aos professores, anunciado pelo Sr. Prefeito, é preciso que se faça alguns esclarecimentos.

Inicialmente é importante deixar claro que não se trata de “aumento” de salários, mas sim do cumprimento da Lei do Piso Salarial do Magistério.

Porém, a proposta da Administração carrega graves vícios, viola direitos de toda uma categoria e imediatamente trará prejuízos irreparáveis para todos.

Isto, porque a proposta do Poder Executivo acaba com a diferença que existe na tabela entre uma Classe Salarial e outra. Este ano, pelo menos quatro Classes Salariais serão atingidas.

Se esta proposta for concretizada, ela será repetida nos próximos anos, com isso em menos de quatro anos TODOS OS PROFESSORES ESTARÃO RECEBENDO APENAS O PISO MÍNIMO NACIONAL! Não haverá mais sequer possibilidade de carreira, seja por tempo de serviço ou por escolaridade e quem já possui estes benefícios os perderá.

Mas não é bom nos subestimar, quem achou que não veríamos a armadilha e a tragédia desta proposta, enganou-se.

Os professores sempre estarão preparados para a batalha em Defesa da Escola Pública e de seus profissionais.

Acionaremos todos os meios jurídicos e de mobilização para garantir o cumprimento correto da lei!

Pelo cumprimento Correto do Piso e do Dissídio/2017!

Veja também o vídeo explicativo produzido pelo Sineduc:

Deixe uma resposta